terça-feira, 4 de dezembro de 2012

INFERNAL (2ª Temp.) - Epílogo


Epílogo – Aurélia Santoro

Minhas lágrimas começaram a rolar quando vi o buraco no chão desaparecer como se nunca houvesse existido.
Cai de joelhos no asfalto, quase em choque.
Não queria fazer drama (Félix odiaria aquilo), mas ver o cara que você ama ir para o inferno, literalmente para o inferno, é no mínimo um porre.
Percebi que havia me preparado para qualquer coisa – menos perdê-lo.
A dor só não era maior porque eu sabia que não seria para sempre. Eu ia dar um jeito naquilo. Ia ter Félix de volta. Mesmo que isso me matasse.
A chuva começou a diminuir, e quando olhei em volta notei que os anjos e demônios haviam ido embora. O show havia terminado. Não havia mais nada para fazerem aqui.
Eveline começou a andar pela estrada, quase em transe, bambeado um pouco sobre os sapatos de salto Chanel. Acho que ela estava quase tão chocada quanto eu.
Quantos filhos iam para o inferno para salvar a mãe? Aposto que não são muitos.
Félix, um herói.
Quase sorri ao pensar isso.
Deus sabe o quanto eu o amo, mas eu sei muito bem o quanto ele é picareta, malandro e muitas vezes egoísta. Porém ele tinha um coração valente. Ninguém mais poderia negar isso.
- Quer carona? – Augusto me perguntou, parado próximo ao carro onde Derek ainda alucinava (ou pensava alucinar).
O encarei, um pouco distante.
-Não, obrigada.
Me ergo do chão, e respiro fundo para tentar me tranquilizar.
Balancei devagar minhas asas e fechei os olhos ao alçar voo, na direção do sol que começava a brilhar depois da chuva.
Por melhor que fosse a sensação do vento em minha pele e cabelo enquanto eu sobrevoava Fatalville, era difícil não entrar em pânico.
Eu era um anjo, mas meu coração ainda era muito humano. E ele pertencia a Félix agora, independente do que ele fosse ou de onde estivesse. E isso já não dava para mudar ou voltar atrás.
A luz do sol me atingiu, e eu estremeci com o calor.
E então eu entendi.
Eu não estava sozinha. Eu tinha uma missão, e teria apoio para cumpri-la.
Ergui os olhos para o céu azul, me sentindo mais forte do que nunca.
Com Deus por testemunha, não vão me derrotar. Trarei Félix de volta. Mesmo que eu seja o primeiro anjo a descer até o inferno. Mesmo que eu perca minhas asas no caminho. Mesmo que eu não consiga voltar.
Vale a pena correr o risco...
Comecei a voar mais baixo, olhando atenta para qualquer vulto na floresta.
Eu não confiava nela, mas não tinha outra alternativa.
Para chegar ao inferno, ia precisar da ajuda de um demônio poderoso, mesmo que isso fosse perigoso.
Ela não podia estar longe, então comecei a chamar por ela.
Electra...

FIM DA 2ª TEMPORADA

10 comentários:

  1. Love this is it! Very very Well1!Aguardando Félix o exorcista!
    Giovanna posso pedir um favor ? Relate pra nós leitore como tudo começou? Como vc conseguiu o sucesso com seus escritos?Ficaria plenamente deleitado se vc pudesse nos contar.

    ResponderExcluir
  2. Raffael, acho que eu não conseguiria explicar... Não me lembro bem quando comecei a escrever, nem o que me motivou a montar o blog... Sei lá... Rsrsrs... Escrever pra mim se tornou tão natural que é como se eu já tivesse nascido fazendo isso.
    Quanto ao sucesso, é uma coisa relativa, que só existe graças ao apoio dos leitores, que me motivam a criar e a tentar melhorar sempre.
    Obrigada! :D

    ResponderExcluir
  3. Meu, que doido!
    Esperando ansiosamente ( e roendo as unhas) para "Félix: O exorcista"!

    ResponderExcluir
  4. Que final! Foi muito bom!!! Não vejo a hora de ver Feliz, o exorcista.

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Esperando ansiosa por 2013!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada linda vc me traz a vida quando leio suas hitóris, me sinto eu, no meu mundo, te desejo toda inspiração do mundo para q continue assim! bjoss AMO suas hitórias... Ha Raffael vou começar ler a sua "O anjo Caído" espero ter fortes emoções rsrs bjoss...

    ResponderExcluir
  9. Obrigada, Thauanne!
    É muito gratificante ver as pessoas curtindo de verdade minhas histórias, é um "mundo" que compartilho com todos vocês com o maior prazer! :D

    ResponderExcluir